sábado, 29 de agosto de 2009

Como Fazer Tinta para Impressoras em Casa

1) FORMULAÇÕES PARA PREPARO DAS TINTAS:

Composição Química:
Todas as tintas possuem via de regra 3 componentes principais: Veículo, aditivos e tingentes. O veículo, para as tintas que usamos, via de regra é água (deionizada ou tri-destilada). Os aditivos ou sistemas solventes guardam atrás de si seus segredos, e é com eles que as principais características da tinta são controladas. E finalmente os “tingentes”, que efetivamente dão a cor da tinta, podendo ser totalmente solúveis em água (Corantes) ou emulsões (Dispersão de pigmentos insolúveis). O correto balanceamento dos componentes são cruciais para a qualidade final das tintas.

Corante Recomendada:
81 % Água Deionizada
5 % Corante
12 % Dietileno Glicol
2 % Álcool Isopropílico

Corante Alternativa I - Resina Acrílica :
10,0 – 15,0 Corante
6,0% Mowilith DM 760
2,0% Etanol
5,0 – 1,2% 1,2 Propileno Glicol
71,8 – 76,8% Água Deionizada

Corante Alternativa II – Polivinilpirrolidone:
10,0 – 15,0% Corante
6,0% Polivinilpirrolidone
5,0 - 1,2% Propileno Glicol
0,2% Fongrabac IG
75,8 – 80,8% Água Deionizada

Tinta pigmentada
2,5 – 5,0 % Pigmento
68,5 – 66,0% Água Deionizada
18,0% Dietileno Glicol
0 – 4,6% Trietanolamina
2,8% N-metil–2-pirrolidone
3,6% Isopropanol


2) FORMA DE PREPARO:

Preparação de aproximadamente um litro de tinta corante da fórmula recomendada.
Para as outras formulações o princípio é o mesmo.

1. Coloque em um recipiente de plástico: 810 ml de Água Deionizada Quente, 50 Gramas de Corante. Misture os dois componentes muito bem, até água quente dissolver totalmente o corante.

2. Depois, adicione 20 ml de Álcool Isopropílico.

3. Misture os três componentes até não haver resíduos e obter homogeneidade.

4. Depois dessa mistura pronta, adicione 120 ml de Dietileno Glicol. Misture novamente os componentes e deixe por cerca de 1 hora.

5. Depois teremos que filtrar essa tinta para outro recipiente. Para Filtrar use um coador de tecido com uma camada de algodão.

6. Pronto, a tinta esta pronta para o uso.

3) DETALHES IMPORTANTES:
1. O corante deve ser adicionado aos poucos (nunca de uma só vez), para não provocar a formação de grumos, o que irá dificultar na solubização.

2. A água e todos os componentes devem ser isentos de bactérias ou fungos, a fim de evitar a formação de colônias na tinta, uma vez que os pigmentos e corantes utilizados na sua maioria são orgânicos - um excelente meio de cultura.

3. A água deve ser deionizada, a fim de não interferir em nada a condutividade elétrica da tinta, além de não oferecer quaisquer pontos de nucleações de pigmentos e/ou corantes, que vão entupir o cartucho.

4. Deve-se ter filtragem para 0,05 microns, para que não haja também nucleações de futuros entupimentos.

4) DICAS PARA A FABRICAÇÃO DE TINTAS A BASE DE ÁGUA:

- Se a viscosidade da tinta for muito alta, use Amônia. Isto fará com que a tinta flua sem reduzir a intensidade de cor rapidamente. Atenção: O uso da amônia é corretivo e não deve ser uma regra, pois o uso prolongado da amônia danifica as cabeças de impressão, principalmente de impressoras EPSON, que fica na impressora, diferente dos cartuchos HP que apenas diminuem a vida útil reduzindo o número possível de recargas.

- Para melhorar a performance de secagem, utilize uma mistura 50-50 de água e álcool isopropílico. Tome o máximo cuidado em não aumentar a porcentagem de álcool. Adicione aos poucos faça o teste de secagem até obter o tempo adequado.

- Para aumentar o PH das tintas, utilize Amônia. Uma ou duas tampas cheias devem resolver o problema. Vale a mesma recomendação feita no início quanto ao uso da amônia.

- Para Retardar a média de secagem e facilitar a limpeza da impressora, utilize Glicol Propileno. Adicione em quantidades de 1% até a impressão tornar-se limpa.

- Filtros especiais para para filtragem de tinta pode se encontrar em http://www.techfilter.com.br/ são extremamente recomendáveis, pois a qualidade da tinta depende da filtragem e também do uso de corantes micro-filtrados.

- A cada adição de algo à tinta, deixe misturar por alguns minutos, para que todo o produto fabricado apresente características uniformes dentro do resultado esperado.

- Registre em papel ou no computador, tudo que for adicionado, bem como suas quantidades. Não confie na memória. Este procedimento pode poupar dores de cabeça e garantir a qualidade do produto final.

- A validade das tintas é de 2 dois anos o chamado Off shell, tempo que a tinta fica estocada sem perder a qualidade

- A forma de estocagem e armazenamento é em frascos plásticos e temperatura de ambiente normal. Proteger os frascos da incidência de calor e luz solar diretos.

- Antes de comercializar seu produto, faça testes exaustivos, para poder obter uma qualidade aceitável pelo mercado. Não substitua componentes a esmo e não use produtos não adequados a fabricação de tintas para impressoras, como por exemplo corantes não específicos para tintas.

- Ao manipular produtos químicos, utilize sempre equipamentos de proteção, tais como óculos, máscara facial, touca, luvas e guarda-pó e mantenha sempre os pés com calçados fechados. Mantenha os produtos longe de crianças e animais. Por exemplo o Dietileno Glicol provoca a morte se ingerido. Em caso de acidentes, siga as recomendações do fabricante do produto e procure um médico . Não compre produtos químicos sem a correta identificação do fabricante sobre composição, peso, forma de armazenamento, data de validade e indicações do que deve ser feito em casos de acidentes.

5) PRODUTOS QUÍMICOS USADOS E SUAS FINALIDADES:

1. ÁGUA - Baixa a Viscosidade das tintas à base de água. Baixa também o pH.

2. GLICOL PROPÍLICO - Para retardar a média de secagem das tintas à base de água. Pode ainda ser usado para evitar a impressão suja. Deve-se adicionar em pequenas quantidades.

3. ÁLCOOL ISOPROPÍLICO (Isopropanol, 2-propanol, isopropil álcool) - Aumenta a média de secagem das tintas à base de água. Adicione em pequenas quantidades: de 1 a 4%. Deve ser armazenado em recipientes a prova de fogo e guardado em local bem ventilado.

4. TRIETANOLAMINA (Tri(2-hidroxietil)amina; TEA; Aminotrietanol etilamina; 2,2,2-Nitriloetanol) - Neutralizador, Retarda a média de secagem da tinta. Sua comercialização é controlada pelo Exército Brasileiro, por ser um precursor do agente vesicante nitrogênio mostarda.

5. N Metil-2-Pirrolidone - Dispersante e Homogenizador.

6. ETANOL (alcool etílico) – Controle do tempo de secagem da tinta.

Reações:

0 comentários:

Postar um comentário

Favor Se Cadastrar Para Comentar. Não Use Palavras de Baixo Calão, Não Ofenda Ninguém. Não Faça Racismo. Obrigado