terça-feira, 6 de abril de 2010

Como consertar o Seu PenDrive parte 2

Como formatar pendrive e solucionar problemas

A formatação da pen drive é bem parecida com a formatação das unidades fixas e removíveis que você já conhece. Para particionar e formatar sua pen drive é aconselhável sempre usar o utilitário fornecido pela fabricante, mas caso a fabricante não disponibilize o utilitário você poderá usar o Gerenciamento de disco do Sistema Operacional Windows XP ou similar. Outra opção é usar o utilitário de formatação da fabricante HP no caso de não encontrar um próprio para sua pen drive. Tenha em mente que se você deseja particionar e fomatar um espaço em disco para obter uma área privada, acessível por senha, a única opção é utilizar o software da fabricante com esse recurso, pois o Gerenciamento de disco não dá suporte para a operação citada. No caso de pen drive com função MP3 Player também é aconselhável utilizar o software fornecido pela fabricante, pois ALGUNS MODELOS gravam arquivos essenciais para funcionamento do player no momento da formatação, porém, se você não tiver o software tente formatar seguindo os passos desta dica. Consulte o MANUAL do seu modelo. Se o seu MP3 Player for um S1 MP3 Player, utilize o programa MP3 Disk Manager que integra o pacote de utilitários MP3 Player Utilities 4.03 Na seção Ficha Técnica deste site você encontrará as principais fabricantes de memória pen drive. Acesse a Ficha Técnica do modelo da sua memória ou outra da mesma fabricante para ter acesso ao link do site da desenvolvedora e encontrar o utilitário de formatação. Você também poderá acessar diretamente a seção Drivers W98 deste site e procurar pelo utilitário, disponibilizado em alguns casos. Tela - Ficha Técnica
Tela - Drivers W98
Por que ocorrem problemas com a formatação da memória?
A causa que parece ser mais frequente é a remoção do dispositivo da porta USB do computador sem antes desconectar o hardware com segurança através do sistema operacional, podendo ter como consequência o corrompimento e a perda dos dados, assim como problemas com a partição. A formatação acidental, a utilização da pen drive em mais de um sistema operacional, a falta de sincronismo na transferência de dados também podem ser causas. ATENÇÂO:
Os procedimentos aqui descritos não objetivam a RECUPERAÇÃO DE DADOS, mas sim a RECUPERAÇÃO DA SUA PEN DRIVE para que volte a funcionar integralmente, portanto tenha em mente que os dados armazenados na sua pen drive serão perdidos. Formatando através do Sistema Operacional: O sistema de arquivo utilizado pela pen drive é o FAT/FAT 32. Você pode visualizar o sistema de arquivo da sua pen drive utilizando o Gerenciamento de disco do Windows XP. Acesse: Painel de Controle --> Ferramentas administrativas --> Gerenciamento do computador --> Gerenciamento de disco. Também pode visualizar pelo Windows Explorer: posicione o ponteiro do mouse sobre a letra da unidade removível e clique com o botão direito do mouse, acesse Propriedades. Para formatar escolhendo a primeira opção, você deverá clicar com o botão direito do mouse sobre a caixa do disco removível e selecionar "Formato..", uma nova janela se abrirá com as seguintes opções: Rótulo e volume, Sistema de arquivos, Tamanho da unidade de alocação e Executar uma formatação rápida. Rótulo do volume: escolha um nome para identificar sua unidade removível. Sistema de arquivos: escolha o sistema de arquivos FAT ou FAT 32. Mas vamos discutir um poucos mais sobre esses dois sistemas de arquivo: O FAT ou FAT 16 é um sistema de arquivo que tem uma limitação de 2 GB por partição, ou seja, se você deseja criar e formatar uma partição com mais de 2 GB o sistema indicado será o FAT 32. Mas a minha pen drive tem somente 512 MB de capacidade? Ok. Não impedirá o uso do sistema de arquivos FAT, porém o sistema de arquivo FAT 32 formata a unidade com um padrão de cluster menor (medido em bytes), quanto menor o cluster maior será o espaço em disco disponível na sua pen drive. Você também poderá escolher um tamanho de cluster personalizado para formatação, mas o mais indicado é manter o tamanho padrão. Um ponto importante que deve ser observado é a performance, pois um padrão de formatação com cluster demasiadamente pequeno pode ocasionar redução na performance. Neste último ponto o FAT 16 tem uma melhor performance do que o FAT 32. PARA VOCÊ NÂO TER QUALQUER TIPO DE PROBLEMA, ESCOLHA O SISTEMA DE ARQUIVOS FAT (FAT 16), partindo da premissa que sua pen drive tem capacidade de até 2 GB. O NTFS é um outro tipo de sistema de arquivos não usual para as memórias pen drive. Tamanho da unidade de alocação: mantenha a opção padrão ou personalize se você for um usuário avançado. Lembre-se do cluster. Executar uma formatação rápida: mantenha a caixa vazia, sem seleção. A formatação rápida é indicada apenas como forma de delatar/limpar os dados da memória de forma efetiva. Como resolver problemas mais comuns: Q: Formatei minha pen drive com capacidade de 256MB e agora só aparece disponível 64MB !!!!
R: Provavelmente sua pen drive está com problema na tabela de partição, você deverá deletar a partição atual e criar uma nova partição antes de formatá-la. Faça uso do utilitário que acompanha a pen drive ou do Gerenciamento de disco do Windows XP/similar. Uma outra boa opção é utilizar o programa Norton Disk Doctor, parte integrante do pacote da Norton, capaz de diagnosticar e solucionar problemas. Recebemos informação de um usuário do site sobre pen drives que estão sendo vendidas como se possuíssem 512 MB de capacidade de armazenamento, mas na realidade possuem apenas 256 MB. Se a informação recebida proceder, obviamente que você deverá reclamar com o vendedor! :) Q: Meus arquivos estão corrompidos!!!
R: Verifique a integridade do sistema de arquivos. Utilize o programa Scandisk (Windows) ou o Checkdisk (DOS). O primeiro pode ser encontrado em Ferramentas de Sistema, caso seu Windows não possua o primeiro programa, utilize o segundo, Checkdisk: Iniciar --> Programas --> Acessórios --> Prompt de comando --> Digite no prompt de comando: chkdsk [letra da unidade:] [/p] [/r] [letra da unidade:] - é a letra da unidade removível (pen drive) atribuída pelo sistema. [/p] - parâmetro para executar uma verificação detalhada. [/r] - localiza setores defeituosos e recupera informações legíveis. Exemplo de uma linha do comando Checkdisk: c:\>chkdsk g: /r O Scandisk conseguiu verificar e corrigir o problema? Não. Faça uso do programa Norton Disk Doctor. Q: Minha unidade removível é reconhecida como "Raw" pelo sistema. Não consigo ter acesso e nem formatá-la.
R: Você deverá criar uma partição antes de formatá-la como FAT/FA32. Faça uso do utilitário que acompanha a pen drive ou do Gerenciamento de disco do Windows XP. Não funcionou? Utilize o programa Norton Disk Doctor. Conclusões: Usuários de Linux me perdoem, peço até que contribuam com dicas para o site. Existem softwares capazes de recuperar a partição sem a necessidade de excluí-la, porém a recuperação da partição por tais softwares não significa a manutenção dos dados armazenados. Lembre-se que o próprio DOS oferece aplicativo para verificação da integridade do sistema de arquivos em uma unidade de disco, o Checkdisk. Qualquer Dúvida entre em contato com a fabricante de seu pendrive e com certeza eles poderão te auxiliar, caso não consigam resolver os problemas com os passos

Reações:

0 comentários:

Postar um comentário

Favor Se Cadastrar Para Comentar. Não Use Palavras de Baixo Calão, Não Ofenda Ninguém. Não Faça Racismo. Obrigado